(+351) 221 140 070 / 915 424 402 Chamada para rede fixa e móvel nacional
Clínica Dentária no Porto - Contactos
(+351) 221 140 070 / 915 424 402
Chamada para rede fixa e móvel nacional
Implantologia

Seguros e confortáveis, os implantes dentários são a maravilha da área da implantologia e reabilitação oral pois permitem que volte a sorrir com alegria e aumentar a sua confiança e autoestima.

Estéticos e de aparência muito natural, os implantes dentários substituem a falta de um ou mais dentes e o ramo da medicina dentária que se dedica à sua colocação cirúrgica, de forma impercetível é, precisamente, a implantologia.

 

O que é a Implantologia?

A implantologia é uma área de especialidade da medicina dentária. Que se dedica ao restauro funcional, a forma e a estética de todos os dentes que se possam ter perdido, pelos mais variados motivos.

O trabalho do médico de especialidade de implantologia é feito com recurso à aplicação de implantes dentários – vulgarmente conhecidos por “dentes fixos”.

Mais do que obter um sorriso completo e muito semelhante aos dentes naturais, os resultados obtidos pelos tratamentos da área de implantologia permitem a todos os pacientes aumentarem a sua qualidade de vida.

Se a sua dentição não está completa, é natural que se sinta menos confiante, sempre que fala ou sorri. Mas, com a implantologia à sua disposição, não faz sentido continuar assim!

Quando evita recorrer à implantologia, os dentes que perdeu não são substituídos. 

Logo, os dentes que lhe sobram não só terão de realizar um esforço maior, como poderão vir a alterar o seu posicionamento. Estas alterações notam-se tanto ao nível estético, como ao nível dos ossos e dos músculos da boca.

Estas alterações levam gradualmente a uma disfunção das articulações e perturbações em atos tão simples como os de mastigar. Algumas dores começam a aparecer-lhe, incluindo mesmo dores de cabeça.

Sem uma consulta de implantologia que lhe permita substituir os dentes em falta, os que lhe sobram ficarão também mais fracos e vulneráveis, correndo o risco de caírem mais cedo ou mais tarde.

Por outras palavras, a implantologia ajuda a evitar que entre num círculo vicioso que lhe diminui a confiança e a sua saúde, em geral.

Quais as etapas de um tratamento para a colocação de dentes fixos?

O tratamento dentário com recurso à implantologia começa, necessariamente, com uma consulta de avaliação do seu caso. Ou seja, o processo começa sempre com um diagnóstico.

 

Primeira Fase da Implantologia – Diagnóstico

A fase de diagnóstico de implantologia é uma primeira etapa do processo que visa a avaliação geral da sua saúde, bem como a avaliação da estrutura óssea da boca, de modo a suportar o implante dentário.

Na prática, é nesta consulta que avaliamos se se reúnem todas as condições para que possa ser submetido a uma intervenção cirúrgica.

 

Segunda Fase da Implantologia – Cirurgia

Em implantologia, a cirurgia faz parte do nosso dia a dia. É fundamental (e inevitável) para a colocação dos implantes.

Contudo e para que se sinta o mais confortável possível, é administrada uma anestesia local para que todo o procedimento seja indolor, enquanto o cirurgião oral prepara a cavidade bucal para receber o implante.

Mesmo em caso de pacientes que possam sofrer de fobia odontológica – o famoso medo de ir ao dentista – pode ser administrada sedação consciente com óxido nitroso.

Naturalmente, é também durante esta fase que os implantes dentários são colocados no paciente, sejam no seu modelo tradicional, sejam os implantes de carga imediata, ou os implantes all-on-four.

Em seguida, é vital que se deixe cicatrizar, antes de se colocarem as próteses.

implantologia

Terceira Fase da Implantologia – Cicatrização

Depois de uma operação cirúrgica de implantologia, é necessário que ocorra a cicatrização. 

O tempo necessário para que isso aconteça varia de paciente para paciente, mas é possível adiantarmos que, em geral, a cicatrização tende a ocorrer entre quatro e seis meses.

Durante esse período, vai sendo avaliada a chamada osso integração que não é nada mais do que a resposta do osso ao pino de titânio – ou seja, ao implante.

Simplificando mais um pouco, o médico de especialidade em implantologia garante que o paciente tenha uma boa recuperação pós-cirúrgica que não existem quaisquer infeções ao longo desta fase.

Apenas após a integração completa do osso com o implante é que se poderá dar início à fase seguinte: a colocação de prótese. 

 

Quarta Fase da Implantologia – Colocação das próteses

Depois de a cicatrização se poder considerar concluída, as próteses – ou os dentes fixos – são confecionados e colocados no implante dentário. 

Nesta fase, é possível que sejam necessárias duas ou três provas para que tudo corra como o esperado e os resultados sejam os melhores possíveis. 

Embora não existam riscos de maior, é importante que os pacientes comuniquem ao seu médico dentista qualquer tipo de desconforto que possam sentir nesta fase do tratamento de implantologia.

 

Quinta Fase de Implantologia – Acompanhamento e Manutenção

Depois de o implante dentário e da prótese terem sido colocados, torna-se fundamental que exista um acompanhamento regular, ao longo do tempo, por parte do dentista. 

Durante esse acompanhamento, a prótese previamente colocada pode ser retirada e devidamente limpa, de modo a garantir um período de vida do(s) dente(s) fixo(s) ainda mais longo.

 

Implantologia na Clínica Isabel Flores Allen

Na Clínica Isabel Flores Allen, no Porto, encontra uma equipa médica experiente na área da implantologia e da cirurgia oral.

Além de uma abordagem próxima, na nossa clínica vai também poder contar com as vantagens das mais recentes tecnologias para a colocação de implantes dentários, incluindo a que nos permite colocar implantes em apenas 24 horas. 

Não acredita? Fale connosco!

26.01.2023