(+351) 221 140 070 / 915 424 402
Clínica Dentária no Porto - Contactos
(+351) 221 140 070 / 915 424 402

A restauração dentária é um dos procedimentos mais comuns realizados na Clínica Isabel Flores Allen, no Porto.

Este tratamento visa a recuperação do dente, devolvendo-lhe a parte perdida, seja devido a um traumatismo, por exemplo, ou aos efeitos prejudiciais das cáries.

Por outras palavras, uma restauração dentária devolve aos seus dentes as funções e a vitalidade que se possam ter perdido, sem por isso descurar o seu sentido estético, como veremos um pouco mais em baixo.

Mas mesmo sendo este um dos procedimentos mais comuns realizados pelos nossos médicos dentistas, é importante que saiba exatamente em que é que consiste a restauração dentária e quais as opções à sua disposição. Neste artigo, damos-lhe conta de tudo o que precisa de saber sobre este tratamento, incluindo os tipos de restauração dentária que existem e os cuidados a ter após o mesmo.

 

O que é uma restauração dentária?

A restauração dentária é um procedimento clínico que visa recuperar as funções e a vitalidade de um ou mais dentes. Normalmente, o recurso a este tratamento é devido aos efeitos das cáries ou a traumatismos que possam ter fraturado a estrutura do dente.

Para o efeito, são utilizados diversos materiais e a complexidade do tratamento varia entre dois tipos de restaurações dentárias: a direta e a indireta. Mais em baixo, vamos explicar cada uma das opções, bem como as razões por detrás de um e outro tipo.

Mesmo assim, tanto a restauração dentária direta como a indireta são procedimentos cujo tempo de duração é muito rápido. E embora ambos tenham em conta a cor natural dos seus dentes, importa também clarificar o que é a restauração dentária estética.

Diferença entre restauração dentária e restauração estética.

Como vimos, a restauração dentária leva sempre em conta a cromia do dente do paciente. Ou seja, o material de restauro a utilizar está de acordo com a cor natural do dente a recuperar. No entanto, o médico dentista poderá sugerir-lhe também uma restauração dentária estética.

Nesta opção, o procedimento decorre de forma normal, em tudo igual na recuperação da função e vitalidade do dente, mas com uma única diferença: além de restabelecer as funções do dente, o médico dentista irá também esculpi-lo o mais fielmente possível ao dente original, tendo por base a sua cor, forma e volume.

Desta forma, o tratamento é verdadeiramente completo, contribuindo para um sorriso natural, como novo.

Como é feita uma restauração dentária?

A realização de uma restauração dentária é necessariamente feita caso a caso. Mesmo assim, podemos dizer que os casos mais comuns se devem a cáries ou a fraturas. 

Num e noutro caso, recuperar a funcionalidade e a vitalidade do dente depende do preenchimento ou da substituição da parte do dente que se perdeu. 

Em caso de cáries, o procedimento tem início com a remoção da estrutura dentária cariada. Em seguida, o espaço é limpo, desinfetado e preenchido com um material adequado e seguro.

Já no caso de um dente fraturado, o tratamento visa reconstruir a parte do dente que se perdeu.

Para isso, recorrem-se a materiais que completem a sua estrutura, devolvendo-lhe assim as suas funcionalidades.

Nos casos mais simples, a restauração dentária pode ser feita diretamente no consultório. Contudo, nos mais complexos, o tratamento exige mais passos e o médico dentista recorre a um outro tipo de restauração dentária.

Cuidados após uma restauração dentária

Os cuidados a ter após uma restauração dentária não são significativos. Nos primeiros dias, é necessário manter-se uma atenção redobrada na higiene oral, de modo a prevenir eventuais infeções.

Após este período inicial, a recomendação é que mantenha os cuidados de sempre:

  • lavar os dentes duas vezes por dia, no mínimo;
  • utilizar fio dental;
  • marcar uma consulta com o seu médico dentista de forma regular.

Tipos de restauração dentária

Existem dois tipos de restauração dentária: a direta e a indireta.

A restauração dentária direta é um dos tratamentos mais comuns realizados em consultório, depois das consultas de cuidados com a higiene oral. Este é um procedimento mais rápido, passível de ser realizado numa única consulta.

Normalmente, este tipo de tratamento consiste ora na reparação de pequenos danos causados por fraturas, ora na substituição do tecido cariado, removido durante o tratamento das cáries. Nestes casos, toda a restauração dentária é feita pelo médico dentista, num único momento. 

Por outro lado, a restauração dentária indireta tem lugar tanto no consultório, como no laboratório. Este procedimento é apenas um pouco mais longo do que o tratamento direto e é aplicado em casos de dimensões mais extensas, nos quais se envolvem mais do que uma cúspide do dente.

Para que o médico dentista seja capaz de devolver a vitalidade aos seus dentes e recuperar as suas funções é necessário recorrer-se a um laboratório especializado, no qual a restauração do dente tem, efetivamente, lugar. 

Depois do médico dentista enviar as impressões dos dentes a recuperar, os mesmos são reconstituídos laboratorialmente.

São peças físicas, criadas em laboratório e recorrendo a diferentes materiais como a cerâmica ou as resinas compostas, por exemplo. Numa consulta posterior, o médico dentista termina a restauração dentária indireta, fixando a reconstituição do dente, feita em laboratório, no seu lugar devido.

A restauração dentária indireta, também conhecida por tratamento overlay, onlay, ou inlay, é um procedimento mais complexo mas que, mesmo assim, se realiza em poucas consultas.

Ambas as abordagens tendem a ser indolores e os cuidados a ter depois do procedimento são muito simples.

Como evitar uma restauração dentária?

Evitar uma restauração dentária depende diretamente dos cuidados de higiene oral mais habituais. Ou seja, os mesmos cuidados que deve ter após a realização deste tratamento devem ser aplicados na sua prevenção.

Contudo, existem também outras técnicas de prevenção que pode adicionar aos cuidados regulares, como é o caso da destartarização, de seis em seis meses.

A destartarização é um procedimento muito simples, no qual o médico dentista remove o tártaro acumulado e a placa bacteriana em excesso, de modo a prevenir o aparecimento de algumas patologias, como é o caso das cáries.

Preço de uma restauração dentária

Como vimos, a restauração dentária depende da extensão da zona a restaurar e, por isso, do tipo de procedimento a seguir (direto ou indireto). Estas duas opções acabam por influenciar igualmente a necessidade ou não de um tratamento estético posterior. Por isso mesmo, a análise do seu caso específico é essencial para perceber o preço de uma restauração dentária.

Ao agendar uma consulta de avaliação na Clínica Isabel Flores Allen, no Porto, vai ficar a par de tudo o que precisa de saber sobre este tratamento e quais os passos a seguir.

Quem sabe se o seu caso não pode ser resolvido logo numa consulta? Entre em contacto connosco.

Clínica Dentária no Porto - Drª Isabel Flores Allen Clínica Dentária no Porto - Drª Isabel Flores Allen
Fale connosco

Fale connosco

Preencha os seus dados e entraremos em contacto consigo
* Campos de preenchimento obrigatório